quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Aula 36 - Simbologia e representação de Instrumentos em processos e instrumentação

As normas de instrumentação estabelecem símbolos, gráficos e codificação para identificação alfanumérica de instrumentos ou funções programadas, que deverão ser utilizadas nos diagramas e malhas de controle de projetos de instrumentação. De acordo com a norma ISA-S5, cada instrumento ou função programada será identificado por um conjunto de letras que o classifica funcionalmente e um conjunto de algarismos que indica a malha à qual o instrumento ou função programada pertence. 

Eventualmente, para completar a identificação, poderá ser acrescido um sufixo. O Quadro 1 mostra um exemplo de instrumento identificado de acordo com a norma preestabelecida. No Quadro 2, pode-se obter combinações possíveis de acordo com o funcionamento dos dispositivos automáticos.
Todo equipamento industrial deve ser identificado por seu "tag", que utiliza palavras-chave para relacionar informações semelhantes, que em inglês quer dizer etiqueta ou rótulo. Este tag é formado pelo nome da área, tipo do equipamento e um número seqüencial, caso haja mais de uma equipamento do mesmo tipo na mesma área, separados por hífens, o que totaliza oito caracteres. Muitas empresas adotam tags mais longos de 12 ou mais caracteres.
O nome de um instrumento é formado por: 1. Conjunto de letras que o identificam funcionalmente sendo a primeira usada para identificar a variável medida pelo instrumento e a letras subsequentes: descrevem funcionalidades adicionais do instrumento. 2. Número que identifica o instrumento com uma malha de controle. Todos os instrumentos da mesma malha devem apresentar o mesmo número.
O uso correto da simbologia de representação de instrumentos é fundamental para a correta apresentação de documentos na área de controle e instrumentação. Em geral esta notação é utilizada lado a la
do com a representação dos equipamentos de processo formando um documento denominado diagrama P&I (Process and Instrumentation/ Piping and Instrumentation).
No exemplo temos a temperatura (T) como variável registrada e controlada (RC) na malha de controle 2 (2A), a letra A indica que é o primeiro Registrador controlador de temperatura da malha 2.
O tipo do suprimento de energia é designado por duas linhas em cima da linha de alimentação: AS - Air Supply; ES - Electric Supply; GS - Gas Supply; HS - Hydraulic Supply; NS - Nitrogen Supply; SS - Steam Supply; WS - Water Supply. E x e m p l o : ES 24 DC - alimentação elétrica 24VDC.
Exercício 1 - No diagrama P&I identifique todos os instrumentos. Indique quais as medições são efetuadas no Tanque 1; quais as medições efetuadas no Tanque 2; quantas malhas de controle você observou e inclua no diagrama a sinalização para nível de tanque baixo e nível de tanque alto, indicado no painel central da sala de operação. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário